O Twitter quer combater a disseminação de golpes envolvendo criptomoedas dentro da sua plataforma. Nos últimos tempos, golpistas começaram a criar contas falsas de nomes conhecidos para enganar pessoas e conseguir uma pequena quantia de moedas virtuais como Ethereum e Bitcoin.

Um caso recente envolve o criador da Ethereum, Vitalik Buterin. Um usuário clonou a conta dele com um nome levemente diferente – Buterin é @VitalikButter, enquanto o golpista é @VitalikButerjm – e passou a responder mensagens de Buterin pedindo para seus seguidores enviarem pequenas quantias de Ethereum para a sua conta, prometendo enviar um valor 10 vezes superior em retorno.

Outros golpistas usaram nomes como Elon Musk e John McAfee com o mesmo fim. Usuários desavisados do Twitter poderiam cair no golpe sem notar a diferença no nome de usuário e a ausência do selo de verificação de conta.

Ao The Verge, o Twitter confirmou que está caçando essas contas falsas para tirá-las do ar. “Estamos cientes dessa forma de manipulação e estamos implementando proativamente uma série de sinais para prevenir que esse tipo de conta interaja com outras de maneira prejudicial”, disse um representante do serviço.

Ainda não está claro como exatamente isso vai ser feito. Até o momento, uma conta falsa vinculada a Elon Musk já foi tirada do ar, enquanto o falso criador do Ethereum segue com suas mensagens que visam enganar pessoas interessadas na moeda virtual.

Fonte: Olhar Digital